sábado, 16 de junho de 2012

IEQ BRASIL: PROJETO IGREJA EMBRIÃO


Imagine se pudéssemos ter um lugar que fosse a extensão do trabalho de uma igreja, e que neste lugar pudéssemos atuar sobre o lado espiritual e até social das famílias de uma comunidade. Isso parece ótimo, mas já existe desde que começamos a abrir igrejas pelo Brasil na década de 50. O CED-SP tem promovido o resgate desse tipo de trabalho com o projeto Igreja-Embrião, iniciativa do rev. Rocco Digilio Filho, que têm acelerado consideravelmente a expansão Quadrangular por São Paulo.

Logotipo do projeto




Com um tamanho padrão e capacidade para 200 pessoas, as igrejas-embrião ajudam pastores com os recursos iniciais da igreja, oferecendo, também, moradia digna para o pastor titular, que conta com uma aconchegante casa pastoral, normalmente construída no andar de cima da igreja.





Veja o que dizem alguns pastores sobre o projeto:


O igreja-embrião foi uma das maiores, senão a maior, bênção de Deus para o meu ministério. A cidade de Alambari foi realmente impactada com a construção da nossa igreja. Minha família foi tremendamente abençoada com a construção da casa pastoral, além de nos livrarmos das duas despesas de aluguéis.
Pr. Sandro Antônio Machado • Alambari

O projeto Igreja-Embrião é um recurso de Deus para alcançar um povo que estava longe e sem esperança. Hoje, a nossa igreja multiplicou em frequência, a arrecadação aumentou e nossa IEQ tornou-se a mais respeitada da localidade.Pr. Paulo Sanches • Itapetininga

Uma grande vitória. É assim que nós classificamos a Igreja-Embrião de Ilha Comprida. Saímos de dois imóveis, pagando aluguéis caríssimos. Nossa igreja, hoje, é reconhecida por toda a cidade e, até mesmo, pelas autoridades. Também é importante mencionar o aumento do número de membros da igreja, o que para nós é motivo de grande orgulho.
Pr. Renato Cesar Silva • Ilha CompridaO blog CED-SP Social já está acessível a você que quer saber dia a dia o que acontece acerca do Igreja-Embrião. É lá que são publicadas as informações em tempo real sobre o projeto e é onde você também pode participar com comentários. Clique no logotipo abaixo e acesse!Clique aqui para acessar o blog!