sábado, 19 de maio de 2012

Entra em ação um sonho social do presidente do CED-SP em apoio às comunidades carentes do Estado

Mais de 300 atendimentos em apenas um dia de atividades do Saúde São Paulo. Foi isso que o povo da cidade de Itapetininga pôde ver no último final de semana, quando a unidade do Saúde São Paulo fez sua parada inaugural em benefício da comunidade carente ou de baixa renda. A IEQ de Itapetininga foi a anfitriã do evento, representada pelo secretário estadual de Missões, rev. André Bueno, que cedeu o espaço para a realização desse trabalho num dia inteiro dedicado a ação social.


Além dos diversos atendimentos nas áreas da saúde, cuidados pessoais e estéticos, o Saúde São Paulo ainda proporcionou divertidos momentos de recreação e atividades para cerca de 120 crianças durante todo o dia, com cama elástica, piscina de bolinhas e um espaço artístico, com voluntários monitorando cada atividade. Segundo os organizadores do evento, foram ainda utilizados 15 quilos de pipoca e 10 quilos de açucar cristal para algodões doces.

Anunciado na 36ª Convenção Estadual, inclusive com a apresentação da van unidade 1 com equipamentos de tratamento dentário, o projeto Saúde São Paulo acaba de tomar corpo e efetivamente iniciar suas atividades, sob direção do rev. André Bueno e a supervisão do Dr. Wagner Paes, médico já com vasta experiência em promover ações de cunho social.

Estiveram também presentes a este evento inaugural, além do Rev. André e do Dr. Wagner, o secretário estadual de Comunicação, rev. Waldir Küllian, o 1º secretário do CED-SP, rev. José Jorge de Lima, o pré-candidado a vereador pela IEQ, pr. José Pagliarini e o presidente do CED-SP, rev. Rocco Digilio Filho, que elogiou o evento e demonstrou sensação gratificante ao ver uma ação tão desejada acontecendo. “A Igreja sem ação social deixa de cumprir um dos seus principais objetivos, que é cuidar da alma e do corpo da pessoa. Ver esta ação sendo colocada em prática é maravilhoso, pois este é um projeto que sonho desde antes de pensar em ser presidente”, afirma o reverendo.