quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Igreja do Evangelho Quadrangular - Cruzada Nacional de Evangelização

Fundada em São João da Boa Vista - São Paulo, a 15 de novembro de 1951, pelo missionário da Foursquare Church Gospel, Pastor Harold Edwin Williams, auxiliado pelo Pastor Jesus Hermirio Vasquez Ramos. O primeiro natural de Los Angeles e o segundo natural do Peru[carece de fontes?].

A obra começou numa casa na cidade de Poços de Caldas, junto com uma escola de inglês, indo depois para São João da Boa Vista, onde foi construído pelos fundadores um pequeno templo[carece de fontes?].

Em 1952 vieram para a capital de São Paulo realizar campanhas evangelísticas a convite de um pastor da Igreja Presbiteriana do Cambuci e pouco tempo depois foram para uma tenda de lona no mesmo bairro. De lá foram para o bairro da Água Branca e então para o salão da Rua Brigadeiro Galvão[carece de fontes?].

A tenda passou então a viajar pelo Estado de São Paulo como a tenda número um, enquanto nos salões da rua Brigadeiro Galvão as senhoras da igreja começaram a ajudar um irmão que havia trabalhado muito tempo com um circo e que as ensinou a costurar tendas[carece de fontes?].

As tendas compradas ou fabricadas na própria igreja saíram peregrinando por lugares como Casa Verde, Americana, Limeira, Vitória, Curitiba e vários outros. Numa onda contagiante, o movimento crescia e cada tenda dava origem a um novo núcleo que se constituía em uma nova igreja[carece de fontes?].

Na década de 1960, já sob a liderança do Pastor George Russell Faulkner, estabeleceu-se a meta de levar a mensagem a cada capital de Estado, sendo depois espalhada nos outros municípios. As tendas passavam e deixavam uma nova comunidade formada. Os finais das décadas de setenta e oitenta foram marcados pelo evangelismo dinâmico e pela construção de grandes e belos templos[carece de fontes?].

Em 1997, a igreja contava com 5.530 templos e obras novas (que estão funcionando em 2026 templos, 1778 salões e 1726 tabernáculos de madeira), além de 4000 congregações e pontos de pregação, que funcionam sob a responsabilidade das igrejas locais.

Ao todo eram 2887 ministros, 1488 aspirantes e 10648 obreiros credenciados (deste total de 15023 membros do ministério, 5951 eram mulheres). Trabalhavam ainda 38000 diáconos e diaconisas, com um total de aproximadamente um milhão e seiscentos mil membros[carece de fontes?].

No Brasil a Igreja do Evangelho Quadrangular tem estrutura administrativa episcopal em que as Sedes de Regiões Eclesiásticas intra-estaduais (Catedrais) são administradas por um Superintendente (Bispo) sendo vitalícia a sua nomeação, enquanto que as Sedes Estaduais (Conselhos Estaduais) são dirigidas por Bispos eleitos em Convenções e Assembleias com mandatos temporários, permitidas reeleições seguindo a mesma forma as funções diretivas na Sede Nacional (Conselho Nacional), também permitidas reeleições[carece de fontes?].

A Igreja Quadrangular Internacional está hoje em mais em cem países (desde 1944 o Sol brilha ininterruptamente sobre a bandeira Quadrangular, pois ela está em todos os continentes). Só a igreja brasileira já tem nove missionários em sete desses países[carece de fontes?].

Para preparar pessoas para esse ministério, a igreja conta com os Institutos Teológicos Médios, Básicos (com mais de 4500 alunos e 1200 professores), cursos preparados pela Secretaria Geral de Educação e Cultura, além de vários livros e publicações evangélicas de qualidade preparadas pela Editora e Publicadora Quadrangular George Russell Faulkner, situada em São Paulo[carece de fontes?].