domingo, 24 de outubro de 2010

CIÚMES DE PAI


O SENHOR olha para nós como um pai apaixonadamente olha para seu bebê dentro do berço e sonha com ele. Ele sabe que todo cuidado é pouco com aquele ser tão pequeno e frágil. Por isso, o SENHOR cerca Seus filhos com Seus cuidados e amor por todos os lados, e luta contra céus e terra para nos guardar de toda perdição.

Infelizmente, muitos desses bebês insistem em sair do berço sozinhos. E sempre se machucam com a queda. Em alguns casos, verdadeiras tragédias acontecem.

Eu vejo casamentos sendo desfeitos e filhos se perdendo no mundo. Em cenas assim, quase posso enxergar a dor do coração na face do SENHOR. Eu vejo pessoas se matando umas às outras e matando a si mesmas pelos atos mais cruéis, e quase ouço o som da lágrima do SENHOR quando Ele vê Sua maior criação a imagem e semelhança que Ele mesmo fez questão de criar com Suas próprias mãos de Si mesmo se destruindo e se auto-destruindo.

O Pai Celeste não é indiferente ao sofrimento do mundo, porque não foi essa a realidade que Ele havia projetado para o homem. Mas o SENHOR respeita as escolhas de cada um de nós e, embora Se entristeça profundamente ao ver o homem sofrendo as consequências daquilo que ele mesmo elegeu para si, o Eterno Se contém em interferir. Ele oferece Seu perdão e possibilidade de recomeço, mas prossegue buscando no mundo corações que queiram se render ao Seu imenso amor e aos Seus cuidados incomparáveis.

O SENHOR sente ciúmes de nós. Ele tem um amor que não cabe em nossa compreensão. Ele anseia nos ajudar, salvar e transformar porque Ele é o único capaz de nos dar verdadeira e plena felicidade.

E Ele sabe disso. Nós é que insistimos em não querer saber (ou em não nos importar).


Oremos:
Pai de amor infinito, como não me constranger ao meditar sobre o Teu amor, SENHOR? Só o SENHOR mesmo para amar tanto e Se preocupar tanto com seres como nós. Mas, Pai, existem tantas pessoas mundo à fora que vivem alheias às Tuas intenções... E outras tantas dentro da Tua casa que ainda vivem como se não fossem filhos e filhas do SENHOR. Faze com que todos se entreguem aos Teus cuidados, Papai querido, pois sem Ti nada somos, nada podemos, nada temos. Faze-lhes entender que só o SENHOR é o sentido da verdadeira vida. Em nome de Cristo, o caminho, a verdade e a vida, eu intercedo. Amém.