domingo, 21 de junho de 2009

MORDECAI, UM HOMEM COM MENTALIDADE DE GOVERNO

Texto: Ester 2:5-6
INTRODUÇÃO

Mordecai era um escravo em Babilônia, mas com mentalidade de Governo porque sabia quem ele era.
Deus escolheu um povo para si, uma nação modelo para as nações.

I- ELE VÊ O QUE OS OUTROS NÃO CONSEGUEM VER
“O teu destino depende da tua visão”

1- Ele via a possibilidade de influenciar o reino de Assuero com os valores do Reino de Deus;
2- Percebeu a conspiração contra o reino de Assuero.

II- Não se deixa corromper em suas convicções

1- Não se prostrou diante de Hamã. Es 3:1-6
a. Posicionamento e compromisso com os princípios do Reino de Deus.
III- SABE QUE DEUS É PODEROSO P/ LIVRÁ-LO DAS MÃOS DOS SEUS INIMIGOS

1- Hamã quis destruir o povo de Deus no 12º mês
a. 12 significa Governo
b. A decisão de Mordecai. Cap. 4
i. Rasgou as vestes, se vestiu de pano de saco e clamou;
ii. Convicção do livramento de Deus. Cap. 4:13-14
iii. Jejum total de 3 dias destrói decretos de morte;
iv. O Reino de Deus vive em guerra contra o reino das trevas e no Reino de Deus se vence.

IV- SABE QUE HÁ UMA LEI DA RECOMPENSA

1- Hamã tramou numa noite a morte de Mordecai
2- Na mesma noite Deus trouxe uma insônia ao Rei e o inquietou a ler o livro das crônicas, onde estava registrado o que Mordecai fez em favor do Rei.
3- Deus está preparando um tempo de honra para você no momento exato
a. Ninguém prevalece contra aquele que tem descendência de judeu (mentalidade de governo)
4- Mordecai se tornou Governador sobre a casa de Hamã. Cap. 8:1-3
5- Mordecai se tornou grande na Casa do Rei. Cap. 9:4
6- Mordecai foi o 2º no Reinado de Assuero
a. Trabalhou pelo bem estar do seu povo e procurou a prosperidade dos judeus.

CONCLUSÃO

A vida de um homem depende da sua mentalidade.
Fonte: Anotações de uma mensagem ministrada pelo apóstolo Gutemberg no “Seminário do Reino” na IeqSeis.