segunda-feira, 20 de abril de 2009

A BANDEIRA


Foi projetada por Aimee Semple Mcpherson com auxílio de um desenhista. Em 1930, Aimee sentiu necessidade de um estandarte que representasse a plenitude do Evangelho Quadrangular. Durante os primeiros seis meses deste ano ela costurou a primeira bandeira quadrangular. A primeira fotografia desta bandeira apareceu no Bridal Call Foursquare em julho de 1931. A Bíblia tem muito a dizer sobre bandeiras. Elas são chamadas “estandartes”, nas Escrituras. O salmista entusiasmou-se porque Deus dá a seu povo uma bandeira: “deste um estandarte aos que te temem, para o arvorarem no alto, pela causa da verdade.” Sl.60:4. Além disso, os crentes podem acenar triunfantes com a bandeira da fé: “Celebraremos com júbilo a tua vitória, e em nome de nosso Deus hastearemos pendões.” Sl.20:5. De fato, um dos nomes compostos de Deus inclui a palavra bandeira: Jeová-Nissi, que significa literalmente “O SENHOR É MINHA BANDEIRA,” Ex. 17:15. A bandeira quadrangular pode certamente levar-nos a proclamar: “O Senhor é a nossa bandeira”, pois a bandeira simboliza para nós o ministério do Senhor Jesus Cristo. A Irmã Mcpherson, estudou cuidadosamente o Antigo Testamento antes de desenhar a bandeira. Ela queria que cada aspecto da mesma tivesse um precedente bíblico:
A CRUZ
Símbolo de nossa salvação, o ponto alto do evangelho – A redenção do pecado.
A BÍBLIA ABERTA
Esta fé e experiência apoiam-se sobre a Palavra inspirada de Deus. A doutrina quadrangular está baseada na Bíblia, e não é invenção humana. Não aceitamos nada que esteja fora da inspiração sagrada da Bíblia. Não acrescentamos, nem tiramos, nem mudamos, o conteúdo da Bíblia.
O QUADRADO COM O QUATRO
O quatro lembra os ministérios de Jesus: Salvador, Aquele que batiza, Aquele que cura, e Rei vindouro. Enquanto o quadrado indica que jamais ousaremos facilitar as coisas ao proclamar e experimentar este Evangelho completo de Jesus Cristo. Se cortarmos um dos cantos do quadrado estaremos negando um dos ensinamentos de Jesus. Quadrangular significa completo, que não falta nada. Quatro doutrinas.
AS CORES
As cores da bandeira são quatro das cores do peitoral do sumo sacerdote da antiga Israel (Ex.28:15). Essas cores também predominavam nas cortinas do tabernáculo. O vermelho tipifica o sangue de Jesus, derramado para salvar os pecadores. O ouro representa o fogo do Espírito Santo. O azul simboliza a saúde celestial ministrada aos corpos doentes por Jesus, o Médico Divino. O púrpura ou roxo indica realeza do Rei Vindouro.
AS FRANJAS
Nos falam dos mandamentos do Senhor e de nossa obediência à Palavra de Deus. Os israelitas, devido a uma ordenação de Deus usavam as franjas nas extremidades de suas vestes. O propósito era ajudá-los a lembrar e cumprir os mandamentos de Deus ao olharem para ela (Num. 15:38-40). Mateus 28:19-20; Mateus 7:21-27.
O CORDÃO AZUL
O cordão também era usado pelos israelitas, amarrado na cintura, com o mesmo propósito das franjas, lembrando dos mandamentos de Deus, não esquecendo os seus estatutos. Veja: Num.15:38 (Scofield, note).As medidas oficiais da bandeira da IEQ são 0,90 m x 1,30m.