domingo, 16 de novembro de 2008

Departamento da Escola Bíblica Quadrangular Brasil


A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis; porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos.Quando uma pessoa está num lugar muito alto, onde existe algum risco de queda, logo alguém lhe diz: "não olhe para baixo!". Mas, se esta pessoa chegar a cair, o fato de não ter olhado para baixo e visto realmente a dimensão do risco que corria, pode amenizar a queda? Não.Da mesma maneira, sempre vejo pessoas que fogem das questões espirituais, quando estas lhe causam medo. Inventam superstições de todo tipo, se auto-justificam pelas suas boas obras, ou somente por não ser tão ruim quanto outros, dizem ás vezes não acreditar que haja mesmo alguma consciência após a morte, e quando não podem negar, partem para alguma forma de espiritismo, para conseguir acreditar que é possível escapar do inferno se a pessoa de Cristo.Existem muitas maneiras de não olhar pra baixo, e olhar para baixo nesse caso, é olhar para a Palavra de Deus, e não olhar para a Palavra de Deus é passar por esta vida desavisado, não ter consciência do grande propósito de Deus em nossas vidas nem das duras conseqüências que acompanham aqueles que se esquecem de Deus.Ao dialogar sobre isto com uma certa moça, ela me perguntou: "Quem criou Deus?"Com esta pergunta, eu pude entender o grande problema de crer em Deus; Crer, não é comprovar, e um Deus maior do que tudo não se rebaixaria a ponto de se desnudar ao homem. Deus se explicar, ao homem, é como falar sobre internet com uma formiga.Descobri que esta moça não cria em Deus, apenas tinha medo de dizer que ele não existe e estar errada.Só poderemos conhecer mais de Deus se o nosso interesse não for o mero conhecer. Ele só se apresenta ao homem de forma prática, e a prova disto é que, mesmo os ateus têm no fundo de sua consciência uma certeza ignorada de que existe o Criador.Veja o que diz Eclesiastes 3.11:"Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim."Para quem não olha para o Senhor, a queda é certa. Não adianta ganhar o mundo e perder a própria alma. Lembre-se do Senhor!Aqueles que tapam hoje os ouvidos à voz de Deus terão um trágico destino, e isto eu digo não com prazer, pois só podemos ser salvo, como já foi dito em outra postagem, pela Graça de Deus, mas como seremos salvos pela Graça de um Deus que ignoramos?Para finalizar, reflita sobre esta passagem em Provérbios 1.23-33:"Até quando, ó néscios, amareis a necedade? E vós, escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós, loucos, aborrecereis o conhecimento?Atentai para a minha repreensão; eis que derramarei copiosamente para vós outros o meu espírito e vos farei saber as minhas palavras.Mas, porque clamei, e vós recusastes; porque estendi a mão, e não houve quem atendesse; antes, rejeitastes todo o meu conselho e não quisestes a minha repreensão; também eu me rirei na vossa desventura, e, em vindo o vosso terror, eu zombarei, em vindo o vosso terror como a tempestade, em vindo a vossa perdição como o redemoinho, quando vos chegar o aperto e a angústia. Então, me invocarão, mas eu não responderei; procurar-me-ão, porém não me hão de achar.Porquanto aborreceram o conhecimento e não preferiram o temor do SENHOR; não quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão.Portanto, comerão do fruto do seu procedimento e dos seus próprios conselhos se fartarão.Os néscios são mortos por seu desvio, e aos loucos a sua impressão de bem-estar os leva à perdição.Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranqüilo e sem temor do mal."